Salvador será palco do maior evento de geração distribuída com fontes renováveis do país no
próximo mês.
A sexta edição do Congresso Brasileiro de Geração Distribuída (CBGD) acontecerá entre os dias
10 e 11 de novembro, no Centro de Convenções da cidade e pretende movimentar o setor
energético renovável através de experiências e debates sobre a tecnologia voltada para micro e
mini-geração de energia.
Desde 2019 o estado da Bahia vem apresentando um crescimento expressivo em GD, o qual
cresceu 158% em potência instalada nos últimos dois anos.
Atualmente 25 mil conexões estão instaladas no estado, de acordo com o último relatório
emitido pela Associação Brasileira de Geração Distribuída (ABGD) em setembro deste ano.
De acordo com o Grupo FRG Mídias & Eventos, empresa realizadora do congresso, Salvador foi
justamente escolhida por contar com um cenário promissor para a GD e mostrar o quanto esse
tipo de produção pode contribuir positivamente para a matriz elétrica brasileira.
CBGD trará um panorama técnico e tecnológico do universo GD na
América Latina
Pioneiro em eventos no setor Geração Distribuída no Brasil, o CBGD reunirá diversos
especialistas e players do setor para montar um panorama técnico e tecnológico sobre esse
tipo de geração no país, de acordo com os organizadores.
A crise hídrica instaurada no país, só mostra o quanto é importante focar cada vez mais nos
projetos energéticos sustentáveis. A GD já representa mais de 7 GW de potência instalada no
país e a expansão segue em ritmo acelerado, crescendo cerca de 330 MW por mês segundo a
ABGD.
Tiago Fraga, CEO do Grupo FRG Mídias & Eventos, ressalta que a inserção de fontes limpas e
alternativas na matriz energética brasileira é fundamental para que o país possa alcançar as
metas climáticas estabelecidas.
Os desafios são enormes e o tempo é bastante curto tendo em vista que a média de energia
elétrica consumida em residências, comércios, indústrias, órgãos públicos, instituições de
ensino, etc., vem aumentando anualmente mesmo com as condições da economia
desfavoráveis ao crescimento", explica ele.
O especialista ainda complementa que o CBGD se torna uma importante ferramenta de debate
sobre os rumos do setor.
O Congresso Brasileiro de Geração Distribuída é uma excelente oportunidade para discutir os
novos rumos e tendências do setor, conhecer o que está acontecendo no mercado, além de
uma ótima ocasião para apresentar novas tecnologias e as pesquisas desenvolvidas pelo setor
acadêmico. O evento será uma grande oportunidade de reunião estratégica de empresários,
para juntos debaterem e discutirem os melhores rumos para um setor ainda mais forte e
competitivo nos próximos anos, ressalta Fraga.
CBGD será acompanhado da Feira GD: Feira Brasileira de Geração
Distribuída com fontes renováveis
E para complementar ainda mais o conhecimento em GD, o CBGD virá acompanhado da Feira
GD - Feira Brasileira de Geração Distribuída com fontes renováveis do país, uma feira
importante e que receberá estandes das principais empresas do setor do país.
Segundo Fraga, alguns dos principais players do setor ao nível mundial já são parceiros da
ExpoGD, desde sua primeira edição em Curitiba/PR em 2016 e novos nomes também estarão
presentes em 2021 para divulgar e promover as principais tecnologias, máquinas e
equipamentos do setor.

Tag: GD Geração distribuida Gdparatodos