A Associação Brasileira de Geração Distribuída (ABGD) anuncia os dois novos membros da diretoria. Eduardo Lopes, fundador da InoxPar Indústria e Comercio Ltda., assumiu como diretor de Indústrias. Será responsável por todos os assuntos relacionados à atividade industrial e à fabricantes de equipamentos para a geração distribuída (GD) de energia a partir de fontes renováveis.

Já a diretoria de Assuntos Tributários será comandada por Einar Tribuci, sócio da Tribuci Advogados. O novo diretor dará suporte ao trabalho da entidade em questões relacionadas a isenções, convênios federais e estaduais, entre outros temas. Tribuci também é organizador e coautor do livro ?Geração Distribuída: aspectos jurídicos na estruturação de investimentos e projetos?, publicado em parceria com a ABGD.

A Associação reforça o time de especialistas em um momento crucial para o setor, com a revisão da Resolução Normativa 482 em curso e a iminência da apresentação de um projeto de lei para estabelecimento de um Marco Legal da GD, sob responsabilidade do deputado federal Lafayette de Andrada. Junto ao processo de revisão e regulamentação do setor, o mercado de GD enfrenta, ainda, a grave crise que assolou o País por conta da Covid-19.

Com os dois novos integrantes, a diretoria da ABGD está completa com quatro membros. Lopes e Tribuci vão reforçar o trabalho de Lúcia Abadia, diretora de Sustentabilidade, e Marina Meyer, diretora jurídica, na busca pelo desenvolvimento do setor de geração distribuída e energias renováveis no Brasil.

Tag: GD Geração distribuida Gdparatodos